Partilhar leituras

Aposta no envolvimento com a população local.

Não é novidade que a Mercadona irá abrir as portas em 2019, no Norte do país, mais especificamente 2 lojas em Vila Nova de Gaia, 1 em Matosinhos e outra em Gondomar. A estas, juntam-se mais 5. As novas lojas vão abrir no Porto, Braga, Penafiel e Barcelos. Junta-se ainda um segundo espaço em Vila Nova de Gaia. A confirmação foi dada esta terça-feira, 13 de Março, pelo presidente da empresa, Juan Roig Alfonso.

O envolvimento social na área de influência é importante para a implantação de uma marca na sua zona de influência geográfica. E tanto mais é verdade quanto mais desconhecido for o nome para o consumidor. Outro vetor importante é a localização.

Em Vila Nova de Gaia a Mercadona não tem a vida facilitada.

Há dezenas de anos que lá estão implantadas várias lojas dos maiores players do mercado nacional, e portanto, retirar quota de mercado a estas insígnias que fazem parte do léxico e da despensa dos Portugueses não será fácil.

Consequentemente, o futebol foi o meio para chegar à população local de Vila Nova de Gaia.

O terreno pertencente ao Sport Clube de Canidelo foi adquirido pela Mercadona, que, sem seguida, em troca deitou mão à construção de um novo estádio e inaugurou o espaço no passado dia 1 de fevereiro. Ao que consta, no local das antigas instalações do clube irá surgir uma loja com 1800m2.

Elena Aldana, diretora de relações externas da Mercadona no mercado português diz que “este projeto está alinhado com o modelo de gestão da Mercadona, no qual a sociedade é uma componente muito importante. Como tal, quando surgiu a oportunidade de colaborar na construção de algo tão nobre para a população de Vila Nova de Gaia, não hesitamos em unir-nos à Câmara Municipal e à Junta de Freguesia na concretização de um projeto apaixonante, um sonho para o Sport Clube de Canidelo”.

Dados sobre a Mercadona (2016):

  • 1614 lojas;
  • Abertura de 50 e encerramento de 10;
  • 79.000 colaboradores;
  • 21.623 milhões€ faturação;
  • 636 milhões€ lucro após impostos;
  • Em 2017 prévia remodelar 126 lojas com investimento de 180 milhões€.
  • No FB tem 540.000 seguidores, e diz ter 203.000 reproduções no Youtube.

Mais a diante, em Portugal, irá abrir este ano um centro logístico com duas naves (12.000 e 5.000 m2) em Póvoa de Varzim (Distrito do Porto), a somar às plataformas logísticas de Espanha.

Mapa de centros logistícos da Mercadona em Espanha
Centros logísticos da Mercadona

A Mercadona coloca o cliente no centro do negócio, como qualquer outra. Em Espanha chama o cliente de Chefe e para Portugal mantém a denominação. Temos alguma curiosidade sobre a tom de “chefe” que o Marketing vai usar na comunicação. Resumidamente, todos sabemos que a expressão ‘chefe’ pode ter uma carga simpática de ironia. Portanto, não desprovida de segundas intenções, e há até quem não goste.

Modelo de desenvolvimento de produto apresentado pela Mercadona do caderno do ano de 2016


Partilhar leituras

Partilhe connosco.